Liberdade!

Liberdade! Dani mostra que é possível e com alegria.

Daniela teve a oportunidade de voltar a experimentar uma grande alegria: Andar de bicicleta.


O Projeto Enxergando o Futuro com as Pontas dos Dedos mostra que o amor e o carinho ao próximo estão numa via de mão dupla. Quando Daniela Reis sentiu-se parcialmente limitada em razão de sua visão, por vontade própria, decidiu aprender o método Braille, e ensinar as pessoas com baixa visão e cegueira total.

Ela pôde sentir na pele a dificuldade em encontrar uma escola que pudesse ensinar o Braille, e o quão difícil é a busca de materiais e técnicas para a inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais, o que é uma realidade em nosso país. Então, depois de muito tempo, encontrou Grazielle – professora de Braille -, que aceitou a proposta de ensiná-la, possibilitando conquistar maior liberdade em sua vida.

Daniela percebeu que poderia ajudar outras pessoas, quando possuísse conhecimento suficiente em Braille, surgindo, assim, o Projeto Enxergando o Futuro com as Pontas dos Dedos.

O que Dani não imaginava era a proporção que essa ideia tomaria, pois a estrada de amor ao próximo sempre tem duas vias; ou seja, sempre que ajudamos alguém de alguma forma, o Universo, em sua magnitude, devolve o ato com gratidão e fluxo de amor. Ajudar as pessoas por meio do Projeto trouxe para Dani, por exemplo, a sensação de liberdade em voltar a andar de bicicleta.

Conversando com uma das alunas do Projeto, Daniela descobriu que Vanessa e seu marido tinham bicicletas de 2 lugares, e, então, foi convidada para experimentar essa aventura regada de alegria, independência e muita liberdade. Sim, liberdade! Liberdade de ser feliz e acreditar cada vez mais que somos donos das nossas vidas e que nelas podemos regar amor, conquistas, felicidades e realizações, o tempo todo.

Acompanhe no vídeo o que é ser feliz com liberdade.

Projeto Enxergando o Futuro - Dani na Bike
Watch this video on YouTube.
Dani, sorrindo ao sentir a liberdade em voltar a andar de bicicleta.
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *